Perguntas frequentes

Como a Vivalá está agindo em relação a pandemia do COVID-19?
Estamos seguindo todas as orientações das agências sanitárias e órgãos governamentais federais, estaduais e municipais seguindo à risca as determinações e decretos anunciados.
Tudo o que não queremos nesse momento é criar risco adicional para as comunidades, volunturistas e a equipe da Vivalá presente em cada expedição.

Por isso, caso seja definido em decreto o fechamento das reservas de desenvolvimento sustentável aonde operamos, ou se acreditarmos que a realização da expedição gere um alto risco para os participantes cancelaremos a viagem.

Em relação à adiamentos e cancelamentos estamos seguindo a Lei Federal Nº 14.046, DE 24 DE AGOSTO DE 2020 que regulamenta essa situação para todo o setor de turismo e de cultura no país e que pode ser observado no link abaixo:
https://legis.senado.leg.br/norma/32584315/publicacao/32589728

Em resumo diz:
Art. 2º Na hipótese de adiamento ou de cancelamento de serviços, de reservas e de eventos, incluídos shows e espetáculos, em razão do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia da Covid-19, o prestador de serviços ou a sociedade empresária não serão obrigados a reembolsar os valores pagos pelo consumidor, desde que assegurem:

I – a remarcação dos serviços, das reservas e dos eventos adiados; ou

II – a disponibilização de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços, reservas e eventos disponíveis nas respectivas empresas.
Neste período delicado além do apoio psicológico constante criamos e apoiamos campanhas para auxílio das comunidades.
Em 2020, com o apoio de nossa rede conseguimos levantar R$ 26.220 para auxiliar as comunidades em itens de primeira necessidade.
O que é Turismo Sustentável e Volunturismo?
Nossa definição favorita de sustentabilidade é a contemplação dos pilares ambiental, social e financeiro. Do ponto de vista ambiental, fazemos expedições em unidades de conservação com profunda interação com a natureza no Brasil. Entendemos que só conhecendo esses locais que as pessoas conseguirão entender a magnitude e poderão propagar a mensagem de conservação. No social, fazemos turismo de base comunitário ficando muito próximo dos moradores locais, aprendendo sua cultura e incentivando o desenvolvimento local através da compra de serviços e produtos, além de sempre realizar voluntariado em todas as expedições contribuindo com o desenvolvimento local. Finalmente, do ponto de vista financeiro, reinvestimos pelo menos 50% dos lucros para aumentar a operação, gerar ainda mais impacto no país e criar um turismo verdadeiramente sustentável.
Volunturismo é a junção de turismo e voluntariado em uma mesma experiência de viagem.
Dessa forma o viajante tem um contato extremamente profundo com o destino e a população local através do voluntariado e pela imersão na natureza, cultura e gastronomia da região.
Na Vivalá fazemos Volunturismo com a junção de turismo de base comunitária e voluntariado na educação, especificamente na capacitação profissional de pequenos negócios comunitários da região usando nossa metodologia a Universidade Vivalá de Negócios. Pelo turismo de base comunitária injetamos capital diretamente nas economias locais através da compra de serviços turísticos e na capacitação profissional ajudamos a desenvolver planejamento, execução e gestão nos negócios comunitários para que possam evoluir suas iniciativas e terem uma melhor qualidade de vida para suas famílias, e consequentemente, para toda a comunidade.
Nossas Expedições de Volunturismo acontecem nos estados do Amazonas, Pará e Maranhão nas seguintes localidades:
1) Expedição Amazônia Rio Negro (AM)
2) Expedição Amazônia Rio Tapajós (PA)
3) Expedição Lençóis Maranheses (MA)
Veja todo o calendário no link:
https://vivala.com.br/volunturismo
Qualquer pessoa acima de 18 anos que tenha empatia e vontade de se conectar de maneira profunda com comunidades brasileiras através de turismo de base comunitário e voluntariado.
Como funciona a Metodologia da Vivalá?
Uma universidade informal de educação empreendedora para pequenos negócios comunitários brasileiros e que visa empoderar negócios comunitários na construção e desenvolvimento do turismo sutentável da região. O processo é contínuo e assim formamos e acompanhamos centenas de pessoas.
Não exclusivamente, mas nossa metodologia foi desenvolvida de modo extremamente cuidadoso e visando um empoderamento profundo. Fazemos também uma série de ações para necessidades levantadas pelas necessidades através de mutirões.
Qual é o Impacto Social da Vivalá?
Até janeiro de 2021 foram 751 volunturistas de 8 países.
Foram 4346 horas de voluntariado ajudando de forma contínua e gratuita pequenos negócios familiares a progredirem, se profissionalizarem, gerando empoderamento, autoestima e qualidade de vida.
Através da compra de serviços de turismo de base comunitária já conseguimos injetar mais de R$ 500.000 nas comunidades.
Hoje são 152 negócios familiares comunitários em nosso programa de capacitação profissional. São famílias que trabalham com hospedagem, transporte, alimentação, guiamento, gastronomia, artesanato, carpintaria, serviços gráficos, cosméticos naturais, dança, bebidas, entre outros.
Foram 49 expedições de volunturismo e turismo sustentável realizadas em 7 comunidades brasileiras.
Como posso associar minha organização?
Sim, criamos em conjunto com empresas, escolas e universidades programas de Volunturismo específicos. Dessa forma criamos juntos um programa que possa desenvolver habilidades e competências desejadas pelas organizações e ao mesmo tempo que possam ajudar no desenvolvimento sustentável das comunidades que atuamos no Brasil.
Como e porque pagar?
Para se inscrever basta verificar o calendário - https://vivala.com.br/volunturismo - entender qual o destino que mais te anima e garantir sua vaga! Você pode pagar à vista com 10% de desconto, parcelado no boleto até o mês da viagem ou no cartão de crédito em até 18x.
Apesar de também fazermos voluntariado durante a viagem, a experiência do volunturismo também une lazer e tem uma série de custos como hospedagens, transportes, alimentações, guia, passeios, seguro viagem, os materiais para o voluntariado, entre outros. Tendo isso em vista cada viajante deve pagar o valor da expedição que será utilizado para injetar capital nas comunidades através da compra dos serviços de base comunitária, custos de meios de pagamento, comunicação e o time da Vivalá que trabalha todos os dias para fazer as coisas acontecerem.
Tem outras dúvidas? Fale conosco pelo [email protected]