O que é negócio social?

semente germinando na terra

Você sabe o que é negócio social? Já ouviu falar? No post de hoje vamos explicar a origem, o conceito e como funcionam os negócios sociais.

O que é negócio social?

Negócio social é uma empresa que, ao invés de buscar o lucro, tem o objetivo de resolver um problema da sociedade.

Em outras palavras: o produto ou serviço vendido é a solução para o problema social.

O negócio social se mantém graças à comercialização desse produto ou serviço, o que significa que não depende de doações para continuar existindo.

Por exemplo: um restaurante que seja um negócio social quer resolver a má nutrição infantil, a desigualdade e o aquecimento global.

Para isso, o restaurante cria um menu com pratos saborosos, que agradam as crianças, mas apenas com ingredientes naturais, sem açúcar nem produtos processados.

O restaurante compra somente de produtores locais de comida natural e, por fim, emprega pessoas das comunidades carentes próximas.

Dessa forma, ele ajuda a combater os três problemas sociais que se propôs a resolver.

É uma ONG?

Não, ainda que tenha alguns elementos em comum.

Ambos têm uma missão social e querem fazer algo de bom pelas pessoas e pelo planeta.

No entanto, um negócio social é, na essência, uma empresa, que paga salário aos seus funcionários e trabalha para vender seu produto ou serviço.

A principal diferença entre uma empresa comum e um negócio social é que, como já foi dito, o objetivo final não é o lucro, mas o impacto positivo na sociedade.

Outro ponto importante é que a ONG conta com doadores, que entregam seu dinheiro para apoiar a causa.

Já o negócio social conta com investidores, assim como uma empresa. O investidor recebe seu dinheiro de volta no futuro, porém o lucro é reinvestido, para aumentar o alcance do trabalho.

Quem é o inventor?

Muhammad Yunus, criador do negócio social

Muhammad Yunus é quem definiu o que é negócio social.

Yunus era um professor de economia em uma universidade de Bangladesh que começou a questionar o que ele mesmo ensinava em sala de aula.

Ele percebeu que a enorme parte da população de seu país era pobre e não se beneficiava desses conceitos teóricos.

Uma das observações dele foi que os empréstimos dos bancos eram destinados aos ricos. Os pobres – que são os que mais precisam de crédito – não têm acesso a esse serviço.

Ele criou então o Grameen Bank, apelidado de “banco dos pobres”, e desenvolveu o sistema de microcrédito: empréstimo de pequenas quantias de dinheiro, com taxas de juros mínimas e pagamento bastante facilitado.

Algo tão simples ajudou a quebrar grandes preconceitos: a taxa de inadimplência era muito baixa, principalmente quando o empréstimo era para mulheres, enquanto a capacidade de trabalhar e empreender, ao contrário, era altíssima.

A partir dessa experiência, Yunus criou o conceito de negócio social: organizações que têm a missão de combater um problema social ou ambiental (como as ONGs) por meio da venda de um produto ou serviço (como as empresas comuns).

Assim, o negócio social se torna sustentável financeiramente e, quanto maior seu sucesso comercial, maior o impacto positivo que ele causa no planeta.

Como criar um negócio social?

capa do livro Criando um Negócio Social

Existem muitos livros, vídeos, cursos e caminhos para isso. Uma rápida pesquisa na internet já traz bastante resultado.

O melhor caminho, no entanto, é ir direto na fonte e começar pelo livro do próprio Muhammad Yunus.

“Criando um Negócio Social” é um guia simples, objetivo, mas muito completo sobre o assunto.

A Vivalá é um negócio social?

Entrega de certificados de voluntariado em expedição amazônia pela Vivalá

Sim! Por meio do turismo sustentável, a Vivalá gera impacto positivo tanto para a preservação do meio ambiente quanto para as comunidades tradicionais brasileiras, onde acontecem as viagens.

Isso sem falar no bem estar e no crescimento pessoal dos viajantes, depois de viverem experiências autênticas e profundas com a gente.

Em outras palavras: quanto mais pessoas viajam pela Vivalá, mais a gente consegue preservar a natureza e empoderar as comunidades!

Na página principal do nosso site você encontra alguns indicadores que mostram o impacto social do nosso trabalho.

Se você quer fazer parte de uma expedição Vivalá, acesse o calendário completo e escolha a sua viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *