Os benefícios de fazer uma viagem de turismo sustentável

Muito além da diversão: o turismo sustentável traz muitos benefícios não apenas pro meio ambiente e pras comunidades, mas também para o viajante.

Conheça agora vários motivos para que a sua próxima viagem seja feita no modo sustentável.

entrega de certificados

Propósito de vida

Muita gente fala sobre missão ou propósito de vida. Em resumo, o que todo mundo quer é ter um bom motivo pra fazer o que faz.

Com tantas coisas boas que o turismo sustentável gera, é bem possível que você encontre uma razão para se dedicar ao longo da vida.

Dentre as opções, você pode dedicar seu tempo para uma série de atividades, tais como: preservar o meio ambiente, fazer trabalho voluntário, valorizar culturas locais, apoiar pequenos produtores e empreendedores.

Satisfação e realização

Como consequência de encontrar uma causa pela qual trabalhar, vem a tão sonhada realização profissional ou pessoal.

Ou seja, você passa a sentir orgulho do que está fazendo. Não é tanto a atividade que importa, neste caso, mas o motivo pelo qual você faz.

Vamos combinar: quem não quer ter a sensação de estar fazendo coisas nobres, que ajudam o planeta ou as pessoas?

Conexão com a natureza

Quem mora na cidade sabe bem quanto vale um tempo em contato com a natureza.

Mergulhar no rio, no mar ou na cachoeira; uma trilha na floresta; ou mesmo assistir ao pôr do Sol.

Pois o turismo sustentável não só te permite esse contato, como ajuda a preservar esses espaços.

Assim, além de curtir a viagem, você tem a certeza de que está ajudando a garantir que aquele lugar estará preservado no futuro.

Amizades verdadeiras

O que é que gera amizades verdadeiras? Será que é a idade, a cultura ou os interesses em comum?

Claro que tudo isso ajuda, porém tem duas coisas ainda mais importantes.

Primeiramente, os valores e princípios em comum. Afinal, se ajudar os outros é algo importante pra você, dificilmente você teria amigos que não se importam com isso, certo?

A seguir, vem as experiências que vocês vivem juntos – e é aí, então, que o turismo sustentável vai agir.

Seja com outros viajantes, seja com a comunidade local, você vai viver histórias reais, com pessoas reais.

Não é mais aquele roteiro padrão de um turismo comum. Você experimenta a rotina de quem vive naquele lugar e tem a chance de entender mais sobre as dores e as delícias de quem mora ali.

Novos modos de viver

Cada vez mais fica claro que o modo de vida das grandes cidades não é o melhor, nem o mais sustentável ou saudável.

As viagens, portanto, tornam-se uma janela para novas realidades, novas formas de vida.

O turismo sustentável permite experimentar um pouco dessas diferentes realidades, muito mais do que um turismo tradicional.

Novas habilidades

Dependendo das atividades que você faz em sua viagem, o turismo sustentável também ajuda a desenvolver novas habilidades.

Por exemplo: empatia, escuta ativa, liderança, trabalho em equipe, resiliência e muitas outras qualidades.

Uma série de habilidades que te ajudam tanto na carreira quanto na vida de um modo geral e te tornam, afinal, uma pessoa melhor.

Autoconhecimento

Sabe aquela história de “sair da zona de conforto”? Esse é mais um aspecto bem legal do turismo sustentável.

Em uma viagem desse tipo, você vive situações diferentes das que está acostumado no dia-a-dia.

Em última instância, isso faz com que você descubra coisas sobre você que talvez nem soubesse que existiam!

Por isso o turismo sustentável provoca tantas transformações internas quanto no mundo exterior.

Gratidão e Felicidade

Por fim, mas não menos importante, vamos falar desse sentimento tão falado hoje em dia, porém tão difícil de compreender.

Pense, agora, em tudo o que você pode viver em uma viagem de turismo sustentável.

Você vai ter contato muito próximo com a natureza. Vai conhecer a rotina das comunidades locais e viver um pouco do cotidiano delas.

Vai, ainda, mergulhar em novas culturas, novos modos de vida, ter contato com diferentes valores e visões de mundo.

Dependendo da viagem, ainda vai ajudar diretamente as pessoas, em um trabalho voluntário, por exemplo.

Tudo isso vai te comprovar algo que, no fundo, a gente já sabe: a felicidade está nas coisas mais simples.

Você vai perceber que o dinheiro é importante e necessário, mas isso não significa que acumular muitas coisas e ser milionário vai te fazer mais feliz.

A felicidade de verdade está nas experiências que a gente vive e em compartilhar tudo isso com pessoas especiais.

É daí que vem a gratidão: você volta pra casa com a certeza de que investiu muito bem o seu tempo, com atividades que fazem com que você, os outros e o planeta se tornem melhores.

Se você se inspirou para fazer um turismo sustentável, eu te convido a conhecer agora as Expedições Vivalá! Você acessa o calendário compelto aqui.

Confira também outros posts que podem te interessar:

O que é e como evitar o turismo predatório?

7 tendências do turismo pós-pandemia

O que é volunturismo e como fazer uma viagem com voluntariado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *